Não é o amor que sustenta o relacionamento, é o modo de se relacionar que sustenta o amor!

Uma das formas mais infalíveis de mudança é a reflexão.
 A gente se preocupa com todos, mas nem todos se preocupam com a gente.
Aprendi que o tempo cura, que mágoa passa, que decepção não mata, que hoje é reflexo de ontem, que os verdadeiros amigos permanecem e que os falsos, graças a Deus, vão embora. Compreendi que as palavras tem força, que o olhar não mente e que viver é aprender com os erros. Aprendi que tudo depende da vontade, que o melhor é ser nós mesmos e que o segredo da vida, é viver!
Entre mim e mim, há vastidões bastantes para a navegação de meus desejos afligidos.