“Você cabia aqui na minha mão”. E você, pai, independente de tudo, cabe e sempre vai caber bem aqui: no coração.

João Doederlein