Há dias em que a gente só precisa de alguém que acredite muito na gente.

Ah, se eu pudesse abrir a minha cabeça, colocar tudo para fora. E arrumar tudo direitinho como quem arruma uma gaveta.
Não se iluda com uma pessoa só porque viveu momentos inesquecíveis ao lado dela. Nem tudo que é intenso significa que será eterno.
Mudei muito, e não preciso que acreditem na minha mudança para que eu tenha mudado.
Quando você pensar em reclamar da vida, agradeça. Siga na contramão. Agindo assim, misteriosamente, de alguma forma, coisas boas acontecem.